sábado, 25 de abril de 2015

Natureza dos sentimentos

Situava-se no alto e bem distante de sua morada, quando algo lhe incomodava, sempre se recolhia lá . A contemplar o vale na sua imensidão, ventos destemidos em tempos obscuros, influenciavam-na ainda mais sua natureza complicada e inquietante.
Impressões, sentimentos que se assemelhavam os sopros de ventos agitados do vale, desde sempre escutara como algo certo: "Viração estão a percorrerem todos os cantos, tanto da terra, bem como das mentes complicadas." 
Passaram-se muitos e muitos ventos calmos, devastadores, tristes, revoltosos, de alegrias, dores, saudades e, quando finalmente foi da última vez, observou aquela paisagem com leve sorriso e emoção; enfim aquele lobo que lhe devorava há muito tempo, se abrandou com acomodação de sentimentos devastadores, pode finalmente apreciar a beleza do lugar com a quietude de sentimentos que agora havia almejado, contudo um leve pensamento lhe assaltou:
- Será, que havia domado suas virações internas?
Virou-se e acompanhou a estrada, não olho para trás, apesar de nunca mais ter voltado lá; ainda se lembra deste dia fugaz, efêmero e finito.  
       Rejane Menezes




Fotos Rejane Menezes
Vale da Ferradura/ Canela


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...