terça-feira, 26 de abril de 2016

Sabedoria e inteligência com as flores

Tem dias que pareço mais descompensada, penso em algo, fico com aquilo na cabeça.
Quero por quero, mais um vaso de gerânios vermelhos, já tenho um embaixo do cipreste. Meu gosto por jardim está despertando, logo agora, bem próximo do inverno. 
Verdade absoluta, quando se quer, fazer planos, pensar muito - as forças poderosas da vida fazem acontecer.
Fui até Canela, comprar meus pães e bolos preferidos ( a vantagem de morar bem perto de cidades pequenas, se locomover fácil, sem trânsito e ainda despertar o olhar para para belos cenários). Esticando um pouquinho mais, fui até um local que vendem plantas, encantei-me com as flores, muito mais com uma senhora que conheci:
- Rosa, simpática, falante, cultiva gerânios maravilhosos, tem um horta de verduras, uma casa encantadoramente serrana . Perguntei como faz para cultivar tão viçosas flores e hortaliças, ai veio uma aula de sabedoria e ecologicamente correto no trato com a natureza.
-" Só coloco água nos gerânios com água da chuva, coloco meus baldinhos na calha para armazenar, não coloco adubo , somente uma compostagem que faço no chão com restos de folhas, cubro todos os dias de inverno os gerânios, para não queimarem com o frio. É só esperar que a natureza responde com belas floradas."
 Parece tão fácil, realmente a sabedoria de fazer, o simples ou trabalhoso, de maneira natural como pensa está senhora tão cheia de vida.
Vou voltar a visitá-la, combinamos, aliás as mulheres aqui em Gramado se mostram fortes, cheias de vida, principalmente, aquelas que já passaram, faz tempo da chamada  " melhor idade", se bem que discordo do termo melhor idade, acho que melhor idade, é ou são, aquelas em que você se sente feliz e bem.
Tenham um bom dia.






Incrível como a chuva é persistente, o frio a caminho é certeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...